BHAKTI YOGA

 

Este caminho encanta particularmente aquele de natureza emocional. O bhakti yogui é motivado principalmente pelo poder do amor Divino. Através de orações, adorações e rituais ele se rende a Deus, encaminhando e transmutando suas emoções em amor incondicional ou devoção. Entoar ou cantar as orações Divinas formam uma parte substancial do Bhakti Yoga.

 

Sravana – Escutar histórias envolvendo a forma que para você representa o Divino.

 

Kirtana – Cantar suas glórias é a própria presença Divina em forma de som, e isso limpa a mente e o coração do praticante, tornando-o mais consciente da presença Divina nele mesmo.

 

Smarana – Lembrar da presença Divina como o Eu em todos e em si mesmo. Entoar os nomes Divinos fazendo japa (exercício de mantra fazendo repetições) é uma prática central no Bhakti Yoga, pois o nome de Deus é o Divino em forma de som (para saber mais sobre mantras – Ver apostila Técnicas para redução do stress, mantras e meditação). Esse acesso ao Absoluto através da vibração do mantra dissipa progressivamente o ego e cria espaço para o Divino aparecer como a identidade última do ente humano.

 

Padasevana – Servir a seus pés. Agir por amor ao Divino.

 

Archana – Oferecer concreta ou mentalmente tudo ao Divino.

 

Vandana – Saudar o Divino. Situar-se em total receptividade, esvaziando-se da autoimportância do ego.

 

Dasya – Manter-se no bhava (atitude interna) de quem age para o Divino.

 

Sakhya – Cultivar o bhava de amigo.

 

Atmanivedana – Render-se ao Divino. Entrega amorosa em que o ego desaparece e a consciência Divina passa a vigorar como o Eu.

 

Por Fernando Perri

Contatos

Rua José Lúcio, n 1-70 BAURU - SP
Próximo ao Hospital de Base

Confira no MENU HORÁRIOS outras formas de entrar em contato comigo.

WhatsApp - (14) 9.9101-6471

Você também pode falar comigo por
e mail ou pelo Facebook
"FERNANDO PERRI"
ou "YOGA BAURU"
fernando.perri@outlook.com